JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Ceará: Homicídio é a principal causa de mortes violentas; acidentes aparecem em 2º







Os homicídios representam a primeira causa de morte violenta no Ceará, seguidos pelos acidentes de trânsito. A constatação, presente no relatório Situação de Saúde do Ceará, emitido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) neste ano, traz os mais recentes dados já mensurados entre as causas de morte do cearense e expõe estatísticas até 2009. 

Diante dos números absolutos, considerando apenas as causas externas, os homicídios matam mais homens do que mulheres. Quando o assunto são os acidentes de trânsito, a pesquisa revela a inversão da quantidade de vítimas por gênero. Entre os homens, os homicídios representam 41,10% das mortes contra 25,7% em acidentes de trânsito. 

Quanto às mulheres, a maior causa de morte violenta vem do trânsito, com 27,8% à frente dos homicídios com 15,4%. De modo geral, os óbitos por causas externas foram contabilizados pelo relatório como 5,6 vezes mais frequentes no sexo masculino.

De acordo com o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Francisco Bezerra, o homicídio é o crime em que a morte é provocada por outra pessoa com intenção (doloso) ou não de matar (culposo). Enquadra-se nessa classificação crimes de execuções por tráfico de drogas e pistolagem, por exemplo. 

“Nem toda morte violenta é vista pela Polícia como homicídio. Assalto em que a pessoa mata para roubar, por exemplo, é encarado como latrocínio”, explica.

Apesar das estatísticas da Sesa apontarem, de 2006 a 2009, aumento do número de homicídios, o secretário sustenta que nos últimos 18 meses, houve redução de 10,1% de janeiro a julho de 2011 se comparado a números do mesmo período do ano passado. “De janeiro a julho de 2011, foram 1.494 homicídios. Em relação ao mesmo período, tivemos 1.662 homicídios, em 2010. Ou seja, já registramos uma redução de 10,1%”.

O motivo para o decréscimo, de acordo com o secretário, está relacionado ao recorde na apreensão de armas e no aumento do efetivo. “A Polícia intensificou o trabalho em locais onde há maior probabilidade de acontecer crimes”.

Segundo ele, três helicópteros da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e 500 policiais militares foram remanejados para o Interior desde janeiro deste ano. Até julho de 2012, a intenção do secretário é de que três mil policiais sejam contratados por concurso e que mais mil sejam direcionados para o Interior.

Outra ação incide sobre a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que vem atuando como polícia preventiva, intervindo na abordagem de veículos e apreensão de drogas. “Esse trabalho enfático na apreensão de drogas reflete diretamente nos homicídios, já que em grande maioria eles são cometidos a serviço do tráfico, por briga de território e dívida de drogas”, diz o secretário.

Ele destaca também o Programa de Educação e Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizado pela Polícia Militar e que vem sendo desenvolvido em escolas públicas, atingindo crianças e adolescentes de 9 a 12 anos, por meio de palestras.



F - O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...