JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Antártida: Corpos de militares mortos em base chegam ao Brasil




 

Os corpos dos dois militares mortos em um incêndio que atingiu e destruiu parcialmente a estação Comandante Ferraz, na Antártida, no último sábado (25), chegaram ao Brasil na manhã desta terça-feira (28). O Hércules SC-130 da Força Aérea Brasileira (FAB) com os corpos pousou às 8h55 na base aérea do Galeão, no Rio de Janeiro.

Uma cerimônia militar de homenagens póstumas às duas vítimas foi realizada na base aérea com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer.

Morreram no local o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos, ambos da Marinha. Eles participavam do grupo de apoio que tentava apagar o incêndio originado na casa de máquinas da base.

Os dois militares foram promovidos ao posto de segundo-tenente. Também foram concedidas a admissão na Ordem do Mérito da Defesa, no grau cavaleiro, e a Medalha Naval de Serviços Distintos.

Na noite de domingo, uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) partiu para a cidade de Punta Arenas, no Chile, e decolou para a base chilena Eduardo Frei para buscar os corpos dos militares mortos no incêndio. Também partiram para a base chilena, na mesma aeronave da FAB, sete peritos encarregados de analisar a causa das chamas. 

No início da madrugada desta segunda-feira (27), 26 pesquisadores, um alpinista, um representante do Ministério do Meio Ambiente, 12 funcionários do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro e um militar ferido no incêndio desembarcaram na base aérea do Galeão, no Rio. Eles foram recebidos pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e pelo comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Julio Soares de Moura Neto.

Na escala realizada na cidade de Pelotas (RS), desembarcaram quatro pesquisadores, que foram transportados até Porto Alegre.

´Dos 26 pesquisadores, os 16 não residentes no Rio de Janeiro foram hospedados em um hotel no centro da cidade, de onde partiram em voos comerciais para seus locais de destino´, afirma nota da Marinha. ´O militar ferido, primeiro-sargento Luciano Gomes Medeiros, foi transferido para o Hospital Naval Marcílio Dias, onde permanece em tratamento e observação, com estado de saúde estável.´
Incêndio

O incêndio na estação Comandante Ferraz aconteceu na madrugada de sábado (25). Segundo a Marinha do Brasil, um incêndio na ´praça de máquinas´, local onde ficam os geradores de energia da base, causou uma explosão. O fogo destruiu toda a estação, de 2.600 metros quadrados.

Devido às condições meteorológicas adversas na região, o chefe da estação e os integrantes do Grupo-Base, que permaneceram na base combatendo o incêndio, foram transferidos para a base chilena Eduardo Frei.



Crato N

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...