JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Arquivada representação de magistrados contra a ministra Eliana Calmon


 
 
 
A Procuradoria-Geral da República arquivou, ontem (31), a representação que cobrava investigações sobre a conduta da corregedora-geral de Justiça, Eliana Calmon. 
 
O documento foi protocolado no dia 23 de dezembro pelas três maiores associações de juízes do Brasil: a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).
 
As entidades pediam que o Ministério Público apurasse se a corregedora cometeu algum crime ao investigar a evolução patrimonial de juízes e servidores. Elas alegam que houve quebra ilegal de sigilo de mais de 200 mil pessoas.
 
A solicitação foi encaminhada à Procuradoria na mesma semana em que o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, deu liminar suspendendo o pente fino nas folhas de pagamento em 22 tribunais do país. 
 
Segundo a procuradoria, a ministra Eliana Calmon não foi a responsável pela instauração do procedimento que levou o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) a analisar dados de magistrados e servidores.
 
O autor do pedido ao Coaf  foi, à época,  o então corregedor Gilson Dipp. A minista apenas recebeu o resultado da apuração ao assumir a corregedoria do CNJ meses depois.
 
 
 
 
Nem Ki lask

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...