JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Ceará: Estado produz maçã pela 1ª vez



 


O estado do Ceará está produzindo pela primeira vez maçã, em uma fazenda na cidade de Tianguá, na Serra da Ibiapada. A plantação ocorre em fase teste em terras privadas cedidas aEmbrapa para plantar mudas de maçã. Foram cultivadas seis variedades de plantas de maçãs, que estão todas carregadas de frutas.

Em fevereiro deste ano, 14 meses após a plantação das mudas, está sendo feita a primeira colheita. Segundo especialistas, a maçã se desenvolve melhor em áreas de clima temperado, como o da Serra da Ibiapaba, onde a temperatura varia entre 18 e 35 graus. Apesar de não chover constantemente em Tianguá, as árvores foram cultivadas com irrigação.

A produção surpreendeu até o produtor paulista, acostumado com a produção do fruto em São Paulo. ´Recebemos o convite para cultivar maçã, pera, caqui e fizemos os testes. Eles forneceram a muda e assistência, e aí está esse resultado maravilhoso´, diz o fazendeiro Ernesto Emori, proprietário das mudas de maçã.

Na primeira colheita, cada pé produz uma média de oito quilos de maçã. As variedades ´princesa´ e ´erva´ se adaptaram melhor na Serra da Ibiapaba. A produção é vendida em centrais de abastecimento do Ceará.

Segundo José Narciso Sobrinho, superintendente do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste, o objetivo é trazer novas culturas ao Ceará. ´Nesse primeiro momento está se produzindo os frutos. 

O primeiro teste era saber se a planta iria frutificar e se frutificou, e agora no segundo momento vamos melhorar a qualidade do fruto´, diz.

Outras oito fazendas do Ceará vão receber o cultivo de frutas como pera, caqui e oliveira.
´Temos todos os ambientes do Ceará sendo testados para produzir, inclusive para os agricultores familiares, onde nós sabemos que a fruticultura tem um grande alcance social e emprega muita mão de obra´, diz Narciso.

Uma vantagem da produção de maçã no Ceará, de acordo com o produtor Ernesto Emori, é que a colheita pode ser feita no período de entressafra das regiões Sul e Sudeste. ´Como aqui não tem o frio, nós podemos produzir, as árvores não ficam em dormência e a gente pode colher no final de ano´, explica.



Programa NE Rural G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...