JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Dilma, Cid e Luizianne juntos no palanque

Tipo assim: Nem escuto a conversa da mutuca.
 
 
 
A visita da presidente Dilma Rousseff ao Ceará foi marcada por uma surpresa, ontem. Diferente das expectativas, os eventos reuniram a prefeita Luizianne Lins (PT) e o governador Cid Gomes (PSB). Isso porque havia rumores de que a petista não acompanharia a primeira parte da visita. 
 
E Cid Gomes não estaria presente na segunda parte do encontro. Quem também marcou presença no mesmo palanque foi o senador José Pimentel (PT), que, recentemente, trocou farpas com o governador. Sinal, porém, de que ambos estão dispostos a manter a aliança.
 
Ao lado dos três, em Maracanaú, Dilma anunciou investimento de R$ 2 bilhões, sendo R$ 1 bilhão do Orçamento da União e outro R$ 1 bilhão de contrapartida do governo estadual, para a construção da Linha Leste do metrô de Fortaleza.
 
Durante discurso ambos ressaltaram a parceria entre os governos – federal, estadual e municipal. Dilma, entretanto, criticou a falta de investimento no setor por seus antecessores. Algumas lideranças, segundo ela, nos anos 80, consideravam que o metrô era artigo de “luxo”. “Vocês lembram bem que, na década de 80, o Brasil não podia fazer metrô porque era uma coisa de rico, o que é um escândalo, um absurdo”, ressaltou.
 
Dilma, Cid Gomes e Luizianne chegaram ao evento em composição que ligará Fortaleza à Região Metropolitana. O trecho Parangaba - Pacatuba deverá estar em operação em junho, conforme o governador. Já a outra parte, que ligará o trecho até o Centro da Capital, ficará pronto até outubro deste ano.
 
Em rápida entrevista, Dilma elogiou os trens fabricados no Ceará. Questionada sobre a aliança PT-PSB, Dilma desconversou. “Querem me perguntar sobre o que vou fazer na minha viagem à Alemanha na semana que vem, mas só vou falar sobre [as obras do metrô] o Ceará”, disse.
 
 
FARPAS
Antes do Carnaval, o governador e o senador José Pimentel trocaram “farpas”. Isso porque Pimentel declarou que tanto o Governo do Estado quanto prefeituras estariam perdendo recursos da União por falta de projetos. Aliado do governo Dilma, Cid Gomes recebeu a declaração como “uma declaração de guerra”, o que poderia levar a um possível rompimento da atual aliança entre PT e PSB.
 
Durante visita ao projeto Vila do Mar, em Fortaleza, Cid disse que “está tudo bem” na aliança com o PT. Para o vice-líder do governo, José Nobre Guimarães (PT), a tensão existente na aliança governista é “natural”. Portanto, talvez, no próximo dia 17 de março, o PT anunciará o nome do candidato que disputará a Prefeitura de Fortaleza. Guimarães disse ainda que a relação entre os petistas e o governador Cid Gomes está “boa” e, portanto, “só louco romperia, seria como dar um tiro no pé”.
 
Guimarães ressaltou ainda que Dilma não se envolverá nos acordos eleitorais. A tarefa, de acordo com ele, será desenvolvida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Falcão, por sua vez, deverá desembarcar no próximo mês em Fortaleza para tratar do assunto.
 
 
 
SAIBA MAIS
Durante a solenidade, o governador Cid Gomes e a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, foram vaiados por moradores das comunidades que serão desapropriadas pelas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).
 
A presidente Dilma Rousseff também afirmou que, em breve, retornará ao Ceará para tratar sobre as obras da Refinaria Premium, no Complexo do Pecém. Segundo ela, não é uma questão só do Ceará, mas uma exigência do País que, por muito tempo, deixou de investir no setor.
 
Líderes do Movimento de Luta das Comunidades em Defesa da Moradia (MLCD), presentes na cerimônia, tentaram entregar um documento contra a remoção das famílias atingidas pelas obras para construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).
 
 
 
 
Macário
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...