JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Energia eólica do Brasil: Engenheiro cearense constrói torres eólica


 
 
Além de ser um dos principais produtores de energia eólica do Brasil, o Ceará também tem se destacado pela realização de estudos e pesquisas na área de energias renováveis, desenvolvidas em diferentes instituições.
 
 Entre essas iniciativas, está a da Faculdade de Tecnologia do Nordeste (Fatene), que desenvolveu e está testando a primeira torre eólico-solar a abastecer, sozinha, uma instituição de ensino superior no País.

Com tecnologia desenvolvida totalmente no estado do Ceará, a torre de 30 KW/h tem 24 metros de altura (com pás de 7 metros), 18 toneladas e capacidade de gerar 720 KW por dia, o suficiente para atender toda a demanda de energia do campus Caucaia da Fatene, com cerca de 100 salas de aula, laboratórios, parque aquático, ginásio esportivo e lanchonetes.

Segundo o engenheiro responsável pelo invento, Fernando Alves Ximenes, a geração de energia (solar) se dá pela transformação dos raios ultravioletas e infravermelhos em energia elétrica e pelas hélices (eólica) que geram energia a partir do vento. Ambas são transmitidas para uma bateria com capacidade de 70 horas de armazenamento, acionada caso não haja luz solar ou do vento para carregá-la. O invento durou três anos para ficar pronto.

Ciente da necessidade mundial para produção de energias limpas e renováveis, Ximenes garante que os investimentos em energia eólica e solar geram satisfação ambiental e econômica, além de estar cada vez mais acessível a qualquer tipo de empreendimento, seja ele industrial ou comercial.
 
 “A tecnologia utilizada está engajada ao bem-estar de todos sem mudar o cotidiano, contribuindo para a sustentabilidade do planeta”, explica.

A torre eólico-solar, instalada no campus sede da Fatene, localizado no Centro de Caucaia, rua Coronel Correia, 1119, poder ser vista a quilômetros de distância e já virou cartão postal do município.

A empresa criadora da torre, a Gram-Eollic, já havia instalado postes de iluminação alimentados por energia eólico-solar, no início de 2010, no Palácio Iracema, sede do Governo do Estado do Ceará.

O projeto ganhou o primeiro lugar no Prêmio Inova concedido pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

O Estado




Nem Ki lask
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...