JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Prefeitura de Fortaleza exonera 10 agentes de trânsito em greve



 

A prefeitura de Fortaleza anunciou na tarde desta quinta-feira (16) a exoneração de 10 servidores da Agência Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) em situação de greve. A exoneração atinge servidores em estados probatórios, que axerciam a atividade há menos de um mês. 

A exoneração leva também a assinatura do procurador-geral do Município, Mantonio Mont´Alverne. O nome dos servidores exonerados foi divulgado no site da prefeitura.

De acordo com a prefeitura de Fortaleza, o decreto considera o não atendimento da convocação realizada pela Administração Pública para que os servidores em greve retornassem às atividades da AMC, o dano patrimonial causado em veículos e instalações da 

Autarquia pelos servidores paralisados e como a ocupação da sede administrativa do órgão.
Durante movimentos de greve da AMC, a prefeitura afirma que os servidores causaram danos a mais de 30 carros da agência de trânsito.

 Entre os danos citados estavam pneus furados, e ponta da chave tapada com cola. Os sindicalistas da AMC negam o dano ao patrimônio e afirmam que a direção da greve é não causar nenhum tipo de dano e fazer “um moviento pacífico e ordeiro”.

O documento destaca ainda a obrigação constitucional da Chefia do Executivo Municipal na defesa do Patrimônio Público e de zelar pela plena observância de cumprimento das ordens judiciais.

Os agentes reivindicam reajuste salarial de 7% para compensar a inflação no ano anterior. Eles pedem também aumento do percentual da Gratificação Específica de Exercício da Função (GEEF) e regulamentação da produtividade dos servidores administrativos da AMC.

A Justiça do Ceará decretou a ilegalidade da greve no dia 8, mas os agentes permanecem com as atividades paralisadas. Luizianne afirmou que estuda exonerar os agentes recém-aprovados em concursos para agente da AMC. 

A prefeita de Fortaleza afirma que a permancência deles “não é uma coisa boa nas atuais circunstâncias”. “Eles nem receberam o primeiro salário e já estão em greve por supostamente melhores condições salariais. A permanência deles talvez não uma coisa boa para a sociedade nas atuais circunstâncias”, disse.

O sindicato afirma que a exoneração é uma “pressão covarde” para que os agentes retornem às atividades. Os agentes da Agência Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) estão em greve desde 30 de janeiro.




G1-CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...