JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

REVISTA NORTE-AMERICANA DESTACA PROGRAMA DE ATENÇÃO AO AVC NO CEARÁ


hgf_faxada_1
Hospital Geral de Fortaleza

O estudo epidemiológico sobre Acidente Vascular Cerebral (AVC) realizado pelo Comitê Estadual de Atenção ao AVC da Secretaria da Saúde do Estado foi destaque na edição de dezembro da revista Stroke, publicação da associação norte-americana de cardiologia (American Heart Association). 
 
 Além da publicação do estudo, que objetiva descrever a frequência de fatores de risco, padrões de assistência, e os resultados em pacientes internados por AVC em Fortaleza, a publicação dedica editorial à experiência.
 
 “O sucesso da implementação de estratégias em direção a esses objetivos resultará em menor número e menos acidentes vasculares cerebrais incapacitantes”, avalia o editorial. “Como tal, o artigo tem o potencial de influenciar os formuladores de políticas de impacto na vida dos pacientes com AVC não só em Fortaleza, mas globalmente”, conclui.

O Programa de Atenção Integral e Integrada ao AVC no Estado do Ceará é o único do tipo no Brasil aprovado pelo Conselho Estadual de Saúde. Segundo o diretor da Unidade de AVC do HGF, o neurologista João José de Carvalho. 
 
O programa, desenvolvido nas vertentes epidemiológica, assistencial e educativa, iniciou as ações de vigilância epidemiológica em 2006, com o georreferenciamento de todas as mortes por AVC em Fortaleza. 
 
Em 2009 foi iniciado o estudo hospitalar, envolvendo 19 hospitais da Capital. Identificados por concentrar mais de 90% das mortes por AVC, esses hospitais são visitados por uma equipe de seis pesquisadores que fazem a busca ativa de novos casos. Já são 4.044 casos investigados. 
 
O marco do programa foi a inauguração, em outubro de 2009, da Unidade de AVC do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), que atendeu 1.400 pacientes no primeiro ano de funcionamento. 
 
Os pacientes tiveram acesso ao tratamento trombolítico e exames modernos como a tomografia realizada pelo tomógrafo multi-slice, que realiza o exame em apenas 5 segundos.

A Unidade de AVC do Hospital Geral de Fortaleza, com pouco mais de dois anos de funcionamento, reduz em 30% a mortalidade causada pela doença. Em seu primeiro ano de funcionamento, a Unidade de AVC do HGF evitou cerca de 300 mortes e deixou 400 pacientes livres de sequelas graves, consideradas incapacitantes. 
 
É a maior unidade de AVC do país, com 20 leitos. 
 
A estruturação da Unidade de AVC do HGF foi uma decisão do Governo do Estado que contempla a prioridade da Secretaria da Saúde na atenção aos pacientes acometidos pela doença que mais mata no Estado, com 4.208 óbitos registrados por ano, segundo o Núcleo de Informação e Análise em Saúde da Sesa.

A Secretaria da Saúde do Estado e a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, de São Paulo, renovaram em 2011 o convênio para a conclusão, até 2014, do Atlas da Saúde, o maior estudo epidemiológico do Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Brasil. 
 
O Atlas da Saúde, iniciado em 2009, identifica, através do georreferenciamento, a distribuição e contextualização da ocorrência do AVC na cidade de Fortaleza, através da segmentação econômico-cultural-social dos fatores de risco.
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...