JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quinta-feira, 1 de março de 2012

Cartão do SUS: Cartão passa a ser obrigatório em junho. 52% dos cearenses ainda não possui

 
 
O Cartão Nacional de Saúde, conhecido como Cartão SUS, passa a ser obrigatório para atendimentos em postos de saúde e hospitais públicos a partir do dia 5 de junho. Apesar disso, 52% da população cearense ainda não possui o documento definitivo, segundo dados do Ministério da Saúde, atualizados no dia 8 de fevereiro. 
 
De acordo com o presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE), Willames Bezerra, a falta do Cartão SUS não impedirá os atendimentos nas unidades de saúde no Estado.

 
Saiba mais detalhes a seguir.
Ele afirmou que todos os municípios do Ceará estão realizando o cadastramento. Em algumas cidades, como Tauá, onde o projeto foi iniciado no Estado, a adesão já está quase em 100%. Porém, em outros, como Fortaleza, apenas 23% dos moradores já estão com o documento definitivo em mãos.

A Secretaria de Saúde de Fortaleza (SMS), por meio da assessoria de imprensa, informou que o cadastramento vem sendo feito por meio de um banco de dados já existente no órgão e que a maioria da população terá os cartões em tempo hábil.

 
Cadastramento

Segundo Willames Bezerra, o cadastramento dos usuários do SUS está sendo feito aos poucos. Nas cidades que contam com Postos de Saúde da Família (PSFs) ou Unidades Básicas de Saúdes (UBSs), agentes estão realizando visitas aos moradores para recolher os dados. Já em municípios que não contam com a estrutura foram criados postos nas Prefeituras para atender ao público.

No entanto, o presidente do Cosems afirmou, que a maioria dos cadastros ainda está acontecendo durante o atendimento nas unidades de saúde.

Para fazer o Cartão SUS, os maiores de 18 anos devem apresentar CPF, RG e comprovante de residência, enquanto os responsáveis pelos menores precisam portar certidão de nascimento dos mesmos e comprovante de residência.

O objetivo da Secretaria de Saúde do Ceará é cobrir toda a população cearense até o final de 2012. “No futuro, todo o cidadão deve ter o cartão”, afirmou Willames.

 
O Cartão

Com o formato de um cartão de crédito, o novo Cartão Nacional de Saúde trará uma etiqueta com dados pessoais do usuário e o número fornecido pelo Ministério da Saúde. As secretarias estaduais e municipais de saúde que já têm algum tipo de sistema integrado de registro de dados de saúde terão o prazo de um ano para emitir e distribuir os cartões.

A meta é implantar o registro eletrônico de saúde em todos os municípios brasileiros até 2014. Ao todo, deverão ser emitidos 200 milhões de cartões.

Além de identificar os usuários do SUS, o cartão servirá de base para que o próprio cidadão acompanhe seu histórico de consultas médicas, verificar a participação em campanhas de vacinação, se fez exames ou cirurgias.

 
 
Jangadeiro online
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...