JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quinta-feira, 29 de março de 2012

Lula agradece apoio em vídeo e diz que vai voltar à política





Novos exames realizados pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 66, apontam que o câncer na laringe, diagnosticado em outubro do ano passado, desapareceu. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital Sírio Libanês, em novo boletim médico divulgado no início da tarde desta quarta-feira (28).

Os médicos evitam falar em cura, o que só poderá ser confirmado em cinco anos.
O boletim é assinado pelos coordenadores da equipe que atende o ex-presidente, os médicos Roberto Kalil Filho, Artur Katz, Paulo Hoff, João Luís Fernandes da Silva, Luiz Paulo Kowalski e Rubens de Brito Neto.

Segundo o boletim, “foram realizados exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia, que mostraram a ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado”.

O documento diz ainda que o ex-presidente “continua realizando sessões de fonoaudiologia e iniciará programação de avaliações periódicas”.

Lula teve um tumor na laringe detectado em outubro do ano passado e submeteu-se a sessões de quimioterapia e radioterapia no tratamento contra a doença. A última sessão foi realizada no dia 17 de fevereiro.

O ex-presidente chegou a ficar uma semana internado por conta de uma pneumonia, entre o final de fevereiro e o começo de março. No último dia 11, teve alta e recebeu antibióticos até o dia 16, com resposta ao tratamento considerada boa. Nas últimas semanas, ele continuou a ir diariamente ao hospital para fazer sessões de fonoaudiologia.

A assessoria do presidente da República em exercício e presidente da Câmara, Marco Maia, divulgou nota informando que Lula ligou para Maia e o incumbiu de divulgar a notícia aos líderes partidários. “Estou emocionado de tanta felicidade. Esta é a melhor notícia que poderíamos receber”, disse Maia, segundo a assessoria.



O câncer
O tumor foi diagnosticado no dia 29 de outubro de 2011, dois dias depois do aniversário de 66 anos. O ex-presidente procurou ajuda médica após se queixar de constantes dores de garganta e apresentar rouquidão considerada acima do normal. Na época, o tumor tinha aproximadamente 3 centímetros, considerado de agressividade média.

No dia 12 de dezembro, os médicos que cuidam do tratamento de Lula afirmaram que o tumor havia sido reduzido em 75%, o que descartou a necessidade de cirurgia.

A laringe é um órgão situado na região do pescoço e tem funções respiratórias relacionadas ao aparelho vocal. O câncer de laringe atinge principalmente homens e é um dos mais comuns na região da cabeça e pescoço.

Segundo o Instituto do Câncer (Inca), fumantes têm dez vezes mais chances de desenvolver câncer de laringe de que pessoas que não fumam. O câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos na região da cabeça e pescoço. Dois terços dos tumores do gênero ocorrem na corda vocal.



UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...