JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

sexta-feira, 2 de março de 2012

Vereador cearense procurado pela polícia segue recebendo salários e com mandato



Vereador Fábio Borges, o "Fabuloso"




 
 
Na lista dos homens mais procurados do Ceará, o vereador de Ipu Antônio Fábio Borges (PCdoB), mais conhecido como “Fábio Fabuloso”, continua com o mandato em vigor. 
O político, inclusive, chegou a receber o salário do mês de janeiro, período em que não estava oficialmente de licença. A informação foi confirmada pela presidente da Câmara Municipal, vereadora Carmem Pinto (PRB).
Segundo ela, Fabuloso está afastado dos trabalhos desde setembro de 2010, quando pediu afastamento para tratamento de saúde, após sofrer um atentado. De lá para cá, o vereador veio tirando outras licenças, alegando “interesse particular”. “A última vez que eu o vi foi no dia da votação para presidência da Câmara, em novembro de 2010. Depois disso, ele sumiu”, declara Carmem.
A última licença de Fábio Borges acabou no dia 2 de janeiro deste ano. Por não estar oficialmente afastado, Fabuloso recebeu o salário do mês, licenciando-se novamente no dia 17 de fevereiro de 2012. Novamente, ele alegou interesse particular. “Quando ele estava de licença, ele não recebia salário. Como em janeiro não estava afastado, recebeu”, explica Carmem Pinto.
A vereadora diz que Fabuloso recebeu o vencimento mesmo estando “sumido”, pois, em janeiro, a Câmara Municipal estava de recesso. “A nossa lei é antiga e ele continua sendo vereador, por isso recebeu”. O processo de cassação de Antônio Borges foi arquivado no dia 7 de outubro de 2011, por falta de coro para votação, que já havia sido adiada uma vez.
Ainda de acordo com a vereadora Carmem Pinto, Fábio Fabuloso não vai à Câmara nem mesmo para entregar os ofícios em que pede afastamento, “Quem sempre vem é alguém da família ou, como na última vez, quem veio foi o advogado dele”. Por conta da licença do parlamentar, o suplente dele, Francisco das Chagas Peres Martins (PSB) assumiu a vaga na Câmara.
 
Mais procurados
Ele é acusado de crimes como assalto a banco, homicídio qualificado, além de ser procurado, pela Polícia Federal, por formação de quadrilha. Fabuloso responde ainda a dois processos por quebra de decoro parlamentar.
 
 
Macário
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...