JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Ministério da Saúde suspende verba de programa para 19 cidades do Ceará

 
 
O Ministério da Saúde (MS) suspendeu o repasse de recursos referente ao mês de abril para o custeio de equipes de de Saúde da Família em 20 municípios cearenses.

Segundo o MS, a suspensão foi em decorrência da duplicidade de cadastro de profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF), apontada pelo Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES).

A portaria informando a lista de municípios que tiveram os repasses suspensos foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (29).

A Portaria 1.105 informa a lista dos municípios que deixaram de receber a parcela de abril do incentivo financeiro em relação ao Piso de Atenção Básica (PAB) Variável e também das equipes e agentes que apresentaram problemas no SCNES.

Os municípios cearenses que deixaram de receber a parcela de abril foram: Fortaleza, Acopiara, Barbalha, Barro, Bela Cruz, Chaval, Cruz, Fortim, Granja, Guaiúba, Horizonte, Ibiapina, Itaitinga, Maracanaú, Martinópole, Paraipaba, Quiterianópolis, São Gonçalo do Amarante, Senador Pompeu e Tianguá.  A secretária de saúde de Fortaleza informou que “não sabe” sobre essa suspensão.

O Ministério afirma que o repasse de recursos é normalizado logo que as "inadequações" sejam solucionadas e que a suspensão não representa a interrupção da ESF e do Programa Brasil Sorridente nos municípios listados.

Em todo o Brasil, a suspensão do repasse atinge 305 equipes de Saúde da Família, 291 equipes de saúde bucal e 2056 agentes comunitários de saúde que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) em 340 municípios. A medida, segundo o Ministério da Saúde, faz parte da ação de fiscalização e transparência na aplicação de recursos da Atenção Básica.

Para o Ministério, o Saúde da Família é a principal estratégia do Ministério da Saúde para reorientar o modelo de assistência à população na atenção primária. Em todo país, são 32 mil equipes de Saúde da Família, em 5.271 municípios, o equivalente a 94% de cobertura pelo programa. 
 
A execução é compartilhada pelos estados, Distrito Federal e municípios, e coordenada pelo Ministério da Saúde.
 
 
 
 
Nem Ki lask
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...