JUNTE-SE AOS NOSSOS SEQUIDORES !!!

Á MAIS VISITADA E COMENTADA DA SEMANA

terça-feira, 12 de junho de 2012

Catarina - Ce: Prefeitura manda cerca de 4 mil livros didáticos para o lixo. Muitos nunca foram usados

 
 
Um fato muito estranho chamou a atenção da população de Catarina na manhã desta segunda-feira, 11. Centenas de livros, muitos deles nunca usados e ainda nas embalagens plásticas, foram jogados no lixo. 
 
O material didático é do FNDE, programa do Ministério da Educação, que transfere recursos aos Municípios Brasileiros para a compra de livros que são fornecidos gratuitamente aos alunos matriculados nas escolas municipais de todo o país.
 
 
Por volta de 9h da manhã, populares observaram um funcionário da Prefeitura de Catarina com uma garrafa de 2 litros de gasolina ateando fogo no material. A Polícia Militar e a Câmara Municipal foram acionadas e se deslocaram até a Localidade Riacho dos Caibros, próximo a antena que transmite o sinal de TV para a cidade, distante 2km da Sede e constataram o fato. Segundo levantamento preliminar feito no local são aproximadamente 4 mil livros.
 
A Policia Militar recolheu o material didático até o Destacamento Policial e no período da tarde tudo foi deslocado em um caminhão para a Delegacia Regional de Tauá, que deverá apurar o caso através de inquérito policial.
 
Os livros encontrados foram confeccionados em 2007, 2008 e 2009, conforme o Selo do FNDE na capa do material e com proibição de venda, confirmando assim pertencer ao Programa do MEC.
 
Alguns documentos e folhas de pagamento da Prefeitura Municipal de Catarina também foram encontrados junto com os livros.
 
 
O Presidente da Câmara Municipal de Catarina, Vereador Valmir do Monte Alegre cobrou em seu blog, uma justificativa do Prefeito Dr. Jefferson Paes de Andrade para o envio do material para ser incinerado em um local fora da cidade. Em conversa com a reportagem da RÁDIO DIFUSORA, ele não descartou a possibilidade de instalação de uma CPI, Comissão Parlamentar de Inquérito, para apurar o que de fato aconteceu.
 
Já o vereador Lourival Chaves disse que quase foi agredido pelo servidor da Prefeitura que queria impedir o trabalho de fiscalização. “Fizemos fotos e filmagens para comprar o tamanho desperdício”, acrescentou.  
 
 
Assessoria do Prefeito divulgou nota
Segundo nota do Assessor de Comunicação da Prefeitura, Diomar Araújo, publicada em seu blog, o material se encontrava arquivado em um Prédio do Venerável Mestre da loja Maçônica de Catarina, José Aldemir, que apoia o grupo de Frutuoso e Lamartine, sendo que os materiais supostamente teriam sido roubados. Com o rompimento do atual Prefeito com Lamartine o contrato de aluguel do Prédio foi rescindido e o material teria que ser retirado para outro local.
 
 
 As capas dos livros apresentam o ano de fabricação. A maioria foi confeccionada entre os anos de 2007 e 2009. Foto: Wilrismar Holanda.
Vereador Lourival Chaves mostrou pacotes de livros ainda embalados que nunca foram usados pelos alunos de Catarina. Foto: Wilrismar Holanda.
Rádio Difusora dos Inhamuns

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...