O secretário das Cidades, Camilo Santana, entregou nesta terça-feira (05), ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cláudio, a mensagem do governador Cid Gomes com Projeto de Lei que propõe a criação de concurso público para formação de quadros da Secretaria das Cidades.


Vagas
A mensagem prevê a abertura de 44 vagas de nível superior.“O concurso visa à formação do quadro efetivo da Secretaria das Cidades, com a implantação de uma nova carreira, que é a de Gestão Territorial Urbana”, disse o secretário Camilo Santana.


Carreira
A mensagem ainda prevê a criação da carreira de Gestão Territorial Urbana, constituída de dois cargos: 1) analista de Desenvolvimento Urbano, que contará com 28 vagas; e 2) analista de Desenvolvimento Organizacional, com 16 vagas.


Superior
Poderão participar do concurso os graduados em Arquitetura, Engenharia Civil, Agronomia, Serviço Social, Sociologia e Geografia, na disputa pelas vagas de analista de Desenvolvimento Urbano; e em Administração, Ciências Contábeis, Economia, Estatística, Psicologia e Tecnologia da Informação, para as vagas de analista de Desenvolvimento Organizacional.


Urgência
No ato da entrega da mensagem ao presidente da Assembleia Legislativa, Camilo Santana pediu urgência na votação. “Nossa meta é viabilizar o concurso o quanto antes para dotarmos a secretaria de cargos de provimento efetivo que possam consolidar a nova carreira que estamos criando”, adianta o titular das Cidades.


Seleção temporária
Além do concurso público, o titular das Cidades, Camilo Santana, entregou em fevereiro deste ano a mensagem do governador Cid Gomes ao presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra. 

O texto trata do projeto de lei de seleção temporária de funcionários para a Secretaria das Cidades e o Ideci (Instituto de Desenvolvimento Institucional das Cidades do Ceará), órgão vinculado à SCidades em fase de implantação.

O Projeto de Lei propõe a criação de 92 cargos para a Secretaria das Cidades e outros 20, para o Ideci. As contratações serão realizadas por 12 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período.



Informações da Assessoria