Quem passou pelo entorno no Palácio Abolição, sede do governo do Ceará,  no início da manhã desta quinta-feira (31), foi surpreendido por uma mobilização diferente.


Isso porque servidores da Saúde, em estado de greve, invadiram o jardim do Palácio, em Fortaleza, para cobrar do Governo do Estado do Ceará que receba a categoria, que aguarda um posicionamento com relação ao acordo feito na última reunião com a diretoria do Sindicato de Saúde do Ceará (Sindsaúde), em 8 de fevereiro de 2012.


De acordo com a secretária do Sindsaúde, Marta Brandão, o governo concordou com toda a pauta apresentada pela categoria e “prometeu que, até o dia 1° de março, iria reestruturar o plano dos trabalhadores”.



Reivindicações
A categoria reivindica a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores da saúde, além da inclusão do adicional de insalubridade para os agentes de saúde, a ampliação da gratificação de finais de semana para o nível médio (atualmente, apenas profissionais de nível superior recebem o benefício) e da licença maternidade de 4 meses para 6 meses.



Jangadeiro Online.